Perguntas frequentes de cosmelan®

a resposta dos especialistas

  • cosmelan® funciona com qualquer tipo de mancha?

    Com cosmelan®, Com cosmelan, tratamos todos os tipos de manchas que sejam de origem melânica, isto é, as manchas causadas por uma sobreprodução de melanina desencadeada por diversos fatores (fatores hormonais, fatores genéticos, pós-acne, pós-depilação etc.) e que pioram devido à exposição solar. Portanto, cosmelan® é eficaz para tratar manchas como melasma, manchas de origem inflamatória (HPI), lentigos solares, lentigos senis e sardas.

  • Qual é a melhor época para realizar cosmelan®?

    Pode realizar-se cosmelan® em qualquer época do ano, embora seja recomendável realizá-lo em épocas em que a exposição solar não seja tão intensa nem prolongada, como o inverno e o outono. Caso se resida em zonas quentes ou se realize o tratamento durante o verão, deve-se extremar as precauções com um fotoprotetor solar muito elevado, como melan 130 pigment control, e evitar completamente exposições solares muito intensas e prolongadas.

  • Quanto tempo dura o tratamento?

    O método cosmelan® consta de quatro fases necessárias para conseguir o resultado pretendido. Despigmentação intensiva na fase 1 e tratamento para uso domiciliário nas fases 2, 3 e 4. A duração total do tratamento é de aproximadamente seis meses, podendo variar em função da gravidade do caso.

  • Dentro de quanto tempo posso ver resultados? Porque devo continuar com o tratamento se já se observam os resultados antes de o concluir?

    A mudança mais significativa produz-se poucas semanas após a aplicação da máscara em cabine, a textura da pele melhora e as manchas reduzem-se visivelmente. Isto pode produzir uma sensação errada de sucesso. Durante este período, eliminou-se a melanina das camadas superficiais da pele, motivo pelo qual vemos a mancha muito mais atenuada e a pele mais lisa e tersa, mas ainda não se controlou a origem do problema. O melanócito, célula onde se produz a melanina, continua descontrolado e continua a produzir pigmento (melanina) em excesso. Para reeducar o melanócito e controlar esta sobreprodução, é importante continuar com um tratamento domiciliário com ação reguladora, com o objetivo de que a célula regresse a um estado de atividade normal e, portanto, evitar que as manchas reapareçam.

  • O que acontece se deixo de aplicar o tratamento domiciliário?

    Se não aplicarmos a pauta domiciliária, estamos a interromper o tratamento e, portanto, não obteremos os resultados esperados. Não aplicar cosmelan® 2, creme despigmentante com ação reguladora, implica a não regulação do melanócito e, portanto, que a excessiva produção de melanina continue sem controlo. A mancha voltará a aparecer à medida que as camadas da pele se forem renovando, pois a melanina migra para a superfície, tornando a mancha cada vez mais evidente. Não usar fotoproteção melan 130 pigment control, pressupõe um risco muito elevado de que a mancha volte a aparecer, pois, durante o tratamento, a pele está mais sensível e recetiva às agressões externas.

  • Posso combinar o método cosmelan® com outros tratamentos despigmentantes?

    Durante os três primeiros meses do método, pelo menos, não se recomenda a utilização de nenhum outro tipo de tratamento minimamente invasivo que possa provocar uma agressão na pele, tais como peelings, microneedling, esfoliações etc., pois tal pode provocar inclusive uma repigmentação. É recomendável, sim, a utilização de tratamentos calmantes e regeneradores, tanto de cabine como domiciliários, caso seja necessário.

    Nos últimos meses em que se reduz a pauta de aplicação de cosmelan® 2 somente à noite, podemos combiná-lo com tratamentos que nos ajudem a prolongar os resultados, como melan tran3x concentrate e melan tran3x gel-cream.

  • O tratamento impossibilita-me de viver o meu dia-a-dia com normalidade?

    Ao não ser um tratamento invasivo, não a impossibilita de viver a sua vida com normalidade. Somente tem de extremar a precaução ao realizar determinadas atividades durante os primeiros dias, período de adaptação da pele após o tratamento em cabine. Por exemplo, é recomendável evitar o banho em piscinas, a exposição prolongada a fontes de calor e a realização de atividades que pressuponham uma transpiração excessiva.

  • As manchas podem voltar a aparecer após a conclusão do tratamento?

    Após um tratamento profissional adequado, é possível eliminar o excesso de pigmentação de forma visível. No entanto, trata-se de um processo dinâmico, onde o desequilíbrio que as formou pode causar o reaparecimento. Por isso, apesar de não ver as manchas, é imprescindível a aplicação de um tratamento despigmentante regulador diário e fotoproteção durante todo o ano para evitar a repigmentação.

  • Como posso prevenir o aparecimento de manchas após o tratamento?

    Se estiver sob o efeito de algum dos fatores desencadeadores do aparecimento de manchas (contracetivos, gravidez, verão, pós-depilação, pós-acne, pós-peeling, sob medicação fotossensibilizante etc.), é fundamental uma rotina diária de tratamento que combine um tratamento despigmentante, como melan tran3x, com um fotoprotetor elevado, como melan 130 pigment control.